Mato Grosso,

domingo, 16

de

junho

de

2024
No menu items!


 

InícioCurtasHomem que matou enteada com tiro na cabeça e obrigou mãe a...

Homem que matou enteada com tiro na cabeça e obrigou mãe a assistir passa por julgamento popular

Hiper Noticias

Joelson Rufino Rezende, conhecido como “Zezinho”, vai a júri no próximo dia 18 pelo homicídio de Janaína Cristina da Cruz Arruda, de 15 anos de idade. O crime aconteceu em agosto de 2011, numa chácara do Distrito Coxipó do Ouro, em Cuiabá. A vítima era enteada de Joelson e levou um tiro na cabeça na tentativa de defender a mãe.

Narram os autos que por volta das 16h30 do dia 22 de agosto de 2011, Joelson, Janaína, a mãe dela, Marilene de Paula Cruz e o irmão da vítima, Geovane Luiz de Cruz Arruda, com 11 anos de idade, estavam na chácara Passagarda, quando Joelson e Marilene – que eram um casal – começaram a discutir.

Janaína interveio na discussão tentando apaziguar a mãe e o padrasto, ao mesmo tempo que defendia Marilene dos xingamentos proferidos por Joelson. Contrariado, ele foi até um quarto de ferramentas onde pegou um revólver e atirou contra a adolescente.

Enquanto Janaína agonizava no chão, Joelson manteve Marilene e Geovane sob a mira da arma, impendindo-os de buscar socorro para a menina. Num ato de coragem, o irmão dela saiu correndo para buscar ajuda e foi perseguido pelo padrasto.

Receba as informações do ATUALMT através do WhatsApp:
Clique aqui para receber as notícias no seu WhatsApp.

Marilene conseguiu interceptar Joelson e segurando seu braço, prometeu que não iria incriminá-lo para que ele poupasse a vida de Geovane.

“Zezinho” foi denunciado por homicídio qualificado por motivo torpe e mediante recurso que difícultou a defesa da vítima. Ele sentará no banco do réus no dia 18 de junho a partir das 9h no Fórum de Cuiabá.

Últimas notícias