Mato Grosso,

sábado, 25

de

maio

de

2024
No menu items!


 

InícioGeralLucas Barreto denuncia paralisação da PEC 47 na Câmara dos Deputados

Lucas Barreto denuncia paralisação da PEC 47 na Câmara dos Deputados

O senador Lucas Barreto (PSD-AP) disse nesta terça-feira (14) que, por interferência do governo federal, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 47/2023 está parada na Câmara desde setembro do ano passado, quando foi enviada para análise dos deputados depois de ser aprovada no Senado. A PEC possibilita aos servidores dos antigos territórios do Amapá, Rondônia e Roraima serem integrados ao quadro da administração pública da União. 

Em pronunciamento no Plenário, o senador rebateu as acusações de que a proposta aprovada pelos senadores recebeu emendas fora do contexto da matéria, os chamados “jabutis”, que aumentariam o impacto orçamentário da medida. Na opinião do senador, a tentativa de apontar jabutis na PEC 47 faz parte de uma movimentação do governo para justificar a paralisação da matéria na Câmara. No Senado, a proposta tramitou como PEC 07/2018.

— A nossa emenda à PEC corrigiu injustiças, incluindo categorias contempladas na Emenda Constitucional nº 98, de 2017, que foram excluídas pelo autor da PEC 07, como é o caso de empresas públicas e sociedades de economia mista criadas pela União para atuar nos ex-territórios e dos comissionados — disse.

Lucas explicou que a emenda à PEC beneficiou ainda policiais rodoviários do DER, aposentados municipais, trabalhadores da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano de Macapá (Emdesur), as carreiras de tributação, arrecadação e fiscalização dos municípios, além de reposicionar os professores pioneiros, os agentes de saúde e combate a endemias, e os servidores que trabalhavam no território antes de 5 de outubro de 1988.

— Isso é jabuti? A emenda não só possui pertinência temática como trata do mesmo tema. Diferentemente da emenda jabuti do Dpvat — afirmou, referindo-se ao PLP 233/2023, de iniciativa do governo, que, ao criar um novo seguro obrigatório para veículos, também permitiu à União a antecipação de crédito de R$ 15 bilhões.

Receba as informações do ATUALMT através do WhatsApp:
Clique aqui para receber as notícias no seu WhatsApp.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte: Agência Senado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias