Mato Grosso,

sábado, 25

de

maio

de

2024
No menu items!


 

InícioDestaquesLaudo confirma que bebê de um ano e dois meses foi vítima...

Laudo confirma que bebê de um ano e dois meses foi vítima de lesão corporal

Hiper Noticias

O laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) confirmou que a bebê de um ano e dois meses foi vítima de lesão corporal em unidade educacional de Cuiabá. A mãe da menina denunciou à Polícia Civil, no dia 27 de abril, que ela havia sofrido maus-tratos no Centro Educacional Infantil Cuiabano (CEIC) Rosângela Campos, localizado no bairro Pedregal. 

O exame demonstrou que as lesões causadas na criança eram recentes e foram decorrentes de ações contundentes.

“Há vestígios de lesão corporal de que tenha sido vítima em data recente por ação contundente”, traz trecho do documento. 

Conforme o boletim de ocorrência registrado pela genitora, a mulher contou que buscou a filha na creche e percebeu hematomas nas costas da criança. Ainda de acordo com a mãe, não é a primeira vez que algo dessa natureza acontece com a menina.

Ela também relatou que chegou a enviar fotos para a diretora da unidade de ensino, que não soube explicar o que teria ocorrido.

REPERCUSSÃO

Com a denúncia,   a equipe de direção e coordenação pedagógica da creche foi exonerada.Conforme a Secretaria Municipal de Educação (SME), um interventor foi nomeado para atuar na unidade a partir desta terça-feira, dando continuidade à apuração de responsabilidades.

Além do afastamento da equipe, um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) visando analisar as supostas condutas impróprias por parte da equipe gestora e dos profissionais da turma. Em nota à época da exoneração, a prefeitura afirmou que a bebê seria transferida para outra creche da rede pública.

Receba as informações do ATUALMT através do WhatsApp:
Clique aqui para receber as notícias no seu WhatsApp.

OUTRO LADO

Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Educação ainda não se manifestou. O espaço segue aberto. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias