Mato Grosso,

domingo, 16

de

junho

de

2024
No menu items!


 

InícioCidadesTrês são presos após cumprimento de mandato de prisão e desacato em...

Três são presos após cumprimento de mandato de prisão e desacato em Nova Marilândia

Três são presos após cumprimento de mandato de prisão nesta ultima terça-feira (07/05), em Nova Marilândia,.

A Polícia Militar, foi até a residência do suspeito F, O, N, no local da residência foi realizado o cerco, onde foi solicitado a presença do suspeito até a frente da residência, no momento em que o suspeito se aproximou, foi observado um objeto na mão do suspeito, identificado posteriormente como celular, foi realizado a abordagem e revista, em situação segura, foi informado ao suspeito que havia uma decisão de prisão em seu desfavor.

No momento em que a PM, algemava o suspeito para garantir a segurança e receio de fuga, a esposa do suspeito identificada como N, L, começou a se exaltar, dizendo que não poderia levar o marido dela, atrapalhando a ação policial, alegando também que os policiais eram piores que bandido, em determinado momento proferiu as seguintes palavras “- seus filhos da puta, só porque estão com esta arma na cintura, se acham os bichões, seus pau no cu”, frente as injustas agressões verbais, foi feito a imobilização da suspeita e posterior algemada, N, L, resistiu à prisão sendo necessário o uso progressivo da força.

No momento do fato, se encontrava também a filha da suspeita, uma menor de idade, identificada H.L , de 04 anos de idade, de primeiro momento, não havendo nenhum responsável para ficar com a criança, o Conselho Tutelar municipal local, foi acionado para que se fizesse presente.

Quando o conselho se deslocava, chegou um individuo se identificando como pai da suspeita e avô da criança, indagando se poderia ficar responsável pela criança, a suspeita de primeiro momento negou o parentesco com o homem, porém, após confirmou. A menor ficou sob os cuidados das conselheiras presentes e o pai da suspeita.

O da pai suspeita, informou que trouxe a filha de Pernambuco, pois estava dando “trabalho” no outro estado, se envolvendo com facções, que por um período sua filha morou em sua residência, porém, por estar fazendo uso de “maconha”, pediu para que deixasse sua residência.

Receba as informações do ATUALMT através do WhatsApp:
Clique aqui para receber as notícias no seu WhatsApp.

Após esta ação a PM, foi até a residência do suspeito R, S, utilizando do mesmo procedimento, foi realizado o cerco a residência que não possui muros, ao aproximar pela frente da residência a PM, visualizou o suspeito, e verbalizou para que o suspeito colocasse a mão na cabeça e se virasse de costas, assim foi feito a revista e o suspeito foi algemado, informando também a situação da decisão de prisão em seu desfavor.

Diante da situação os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Polícia de Arenápolis.

Últimas notícias