Mato Grosso,

sexta-feira, 23

de

fevereiro

de

2024
No menu items!


 

InícioMato GrossoReconhecimento: Poder Judiciário de Mato Grosso recebe 1°Prêmio Dimas do Ministério Público

Reconhecimento: Poder Judiciário de Mato Grosso recebe 1°Prêmio Dimas do Ministério Público

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) foi reconhecido pela sua atuação no ‘Projeto Reconstruindo Sonhos’ do Ministério Público Estadual (MPMT) que entregou o 1° Prêmio Dimas aos parceiros que contribuíram com ações de ressocialização de pessoas privadas de liberdade nas unidades profissionais do Estado. A condecoração foi recebida pelo juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, representando a presidente do judiciário, durante solenidade, (1 de dezembro), no auditório da sede das Promotorias de Justiça de Cuiabá. 
 
“Iniciativas como essas têm gerado resultados fantásticos, e nós, do Poder Judiciário ficamos felizes com essa atitude do Ministério Público que passou o órgão acusador para fiscal da lei, colocando a mão na massa fazendo sempre a mais, todos unidos para entregar resultados a sociedade. Estamos colocando a mão na massa e trabalhando para diminuir a reincidência no mundo do crime, por isso, iniciativas como essa devem ser valorizadas e espalhadas para que cada um possa contribuir para construção de uma sociedade melhor”, declarou o magistrado.  
 
A premiação também foi entregue a 29 instituições parceiras e unidades prisionais agraciadas com placas. Outros 130 voluntários e apoiadores receberam “pins” de homenagem.
 
O ‘Reconstruindo Sonhos’ foi idealizado pela promotora de Justiça do MPMT, Josane Fátima de Carvalho Guariente, com objetivo de fortalecer a reinserção social através de parcerias. Segundo ela, o projeto possui duas fases, uma com foco na ampliação da compreensão do sentido da vida e a qualificação profissional, realizado em parceria com TJMT.
 
“O nosso projeto combina muito com a atual filosofia da presidente do judiciário, Clarice Claudino, que trabalha com semeadura da paz na sociedade. “O projeto tem tido muito êxito e a entrega desta premiação é uma forma de agradecimento e incentivo a todos que fazem essa importante ação acontecer, o Poder Judiciário é um forte parceiro”, declarou a promotora.  
 
Na solenidade, foram apresentados os resultados alcançados do ‘Reconstruindo Sonhos’, desde setembro de 2021. Em dois anos de atuação, o projeto foi realizado em 15 municípios do Estado, 19 unidades prisionais, beneficiando 249 pessoas privadas de liberdade. 
 
Ainda de acordo com os dados, a realização deste projeto social, contou com a força de trabalho de 48 voluntários multiplicadores e com apoio de 94 parceiros, unidos para fortalecer a reinserção social de reeducandos e reduzir a reincidência criminal. O conhecimento, através da oferta de qualificação na realização de 21 cursos profissionalizantes, é a ferramenta usada para devolver o cidadão ressocializado.  
 
O evento também foi prestigiado pelo supervisor do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e Socioeducativo de Mato Grosso (GMF-MT), desembargador Orlando de Almeida Perri, e pelo juiz Geraldo Fidelis, da 2ª Vara Criminal de Cuiabá. 
 
“Estamos trabalhando de mãos dadas na reconstrução dos sonhos dos nossos reeducandos, propiciando a oportunidade de uma verdadeira ressocialização pelo trabalho e pelo estudo. Nesta ação, ganha a nossa sociedade que vai ter um ambiente mais tranquilo e com menos violência, nossos filhos vão poder viver melhor, com liberdade e segurança”, declarou o desembargador Perri. 
 
A solenidade do 1° Prêmio Dimas, contou com a presença de representantes Secretaria Adjunta de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Mato Grosso (OAB-MT), representante da organização sem fins lucrativos Nova Acrópole, do Conselho da Comunidade da Execução Penal de Cuiabá, demais convidados e servidores o MPMT.
 
#Paratodosverem – Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Foto 1: A imagem mostra duas mulheres, promotoras de justiça e o juiz que recebeu o prêmio. Ele é um homem careca, de barba curta, usa óculos de grau, está vestido com terno cinza, camisa branca e gravata azul. Está em pé segurando o prêmio nas mãos sorrindo. Elas estão ao lado dele, sorrindo. Uma mulher tem cabelos pretos longos, pele branca, usa uma calça vermelha com camisa branca. A outra é loira, pele branca, usa uma blusa e calça comprida na cor rosa clara e um terno intenso. 
 
Carlos Celestino/ Fotos: Assessoria MPMT
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
imprensa@tjmt.jus.br
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT – MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias