Mato Grosso,

sábado, 20

de

julho

de

2024
No menu items!


 

InícioPolíciaPolícia Civil cumpre decisão judicial contra investigado por furto qualificado

Polícia Civil cumpre decisão judicial contra investigado por furto qualificado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Pontes e Lacerda (480 km a oeste de Cuiabá), cumpriu neste sábado (18.11), mandado judicial de busca e apreensão, afastamento de sigilo telemático, sequestro de bens móveis e bloqueio de contas bancárias, contra um indivíduo investigado por furto qualificado mediante abuso de confiança.

O suspeito valendo-se de sua função de operador de caixa em um conhecido estabelecimento comercial do município, teria, em tese, subtraído valores do caixa da empresa ao longo dos anos de 2022 e 2023.

Conforme apurado, o investigado forjava o cancelamento de pedidos efetivamente realizados por clientes e subtraía para si o respectivo dinheiro. Ele também ostentava e possuía em sua casa, patrimônio incompatível com os rendimentos que recebia de seu empregador.

Durante o cumprimento da decisão judicial foram apreendidos o celular do investigado, duas motocicletas, uma delas avaliada em R$ 90 mil, eletrodomésticos convencionais e de luxo, além de dinheiro em espécie e 11 cartões de crédito em seu nome.

Na residência também foram encontradas diversas anotações, que subsidiarão as próximas etapas das investigações.

Conforme o delegado de Pontes e Lacerda, João Paulo Berte, em paralelo à busca e ao sequestro dos bens móveis, também houve o bloqueio judicial de todas as contas bancárias do suspeito e o congelamento de R$ 360 mil.

“A ação da Delegacia de Pontes e Lacerda ocorreu no momento oportuno, uma vez que indícios apontam que o investigado havia planejado fugir e embarcaria nesta tarde para outro Estado, com o objetivo de se furtar à possível responsabilização criminal”, destacou o delegado.

Receba as informações do ATUALMT através do WhatsApp:
Clique aqui para receber as notícias no seu WhatsApp.

A investigação segue na Delegacia de Polícia de Pontes e Lacerda para apurar o valor exato dos prejuízos causados à empresa e também para apurar a possível participação de outras pessoas do crime.

Fonte: Policia Civil MT – MT

Últimas notícias