Mato Grosso,

quarta-feira, 19/janeiro/2022
No menu items!


 

InícioCurtasHomem espanca pastora até à morte com golpes de barra de ferro...

Homem espanca pastora até à morte com golpes de barra de ferro durante culto

G5 News

A pastora Odete Rosalina da Costa, 79 anos, foi espancada com uma barra de ferro até à morte, por um homem de 22 anos, no início da manhã desta sexta-feira (14), em frente a igreja, localizada no Residencial Kátia, em Goiânia.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro à vítima, mas quando a equipe de resgate chegou apenas constatou a morte da religiosa, que não resistiu às lesões.

A Polícia Militar (PM) isolou o local do acidente, comunicou o fato à Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) e Polícia Tecno-Científica (PTC), responsáveis pelos procedimentos no andamento da ocorrência.

De acordo com testemunhas, o acusado teria saído de casa após briga com familiares. Invadiu a igreja completamente alterado psicologicamente, teria começado nova discussão com um fiel, supostamente com “discurso de ódio” aos evangélicos. Nesse momento, todos correram para rua, onde o homem se armou com a barra de ferro e espancou a idosa até a morte.

Após o crime, o rapaz começou a jogar pedras contra os ônibus do transporte coletivo municipal que passavam pelo local, momento em que foi preso pela PM.

Os peritos analisaram as condições em que o corpo foi encontrado, todo o perímetro do crime, da igreja à rua, e coletaram evidências que ajudem a determinar as circunstâncias do crime.

Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por necropsia, que vai determinar a causa clínica da morte, antes de o corpo ser liberado pra os procedimentos fúnebres junto à família.

Os investigadores do DIH acompanharam os trabalhos da perícia, ouviram testemunhas, coletaram informações preliminares da perícia e iniciou as apurações dos fatos.

O assassino foi encaminhado à Central de Flagrante, onde foi ouvido pelo delegado de plantão, autuado pelo homicídio da pastora e entregue na sede da Delegacia de Homicídios, onde foram tomadas as medidas cabíveis ao caso. Em seguida, o acusado foi levado à unidade prisional e colocado à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias