Mato Grosso, quinta, 28 de outubro de 2021

Motorista de senador atropela motociclista e foge em Cuiabá

Folha Max

Rogério Montezuma de Moraes, de 42 anos, que trabalha como motorista no escritório do senador Carlos Fávaro (PSD), foi preso no último sábado (09) acusado de atropelar uma jovem de 21 anos que pilotava uma motocicleta e em seguida fugir do local. O acidente aconteceu no bairro Santa Rosa II, em Cuiabá. O suspeito tentou fugir, mas foi seguido por testemunhas que acionaram a Polícia Militar.

Segundo o boletim de ocorrências, a equipe foi acionada e, ao chegar ao local do acidente, encontrou apenas a motocicleta da vítima completamente danificada. Testemunhas que estavam no local disseram aos PMs que a motociclista havia sido atropelada por uma caminhonete Volkswagen Amarok e que o motorista havia fugido. Disseram também que o condutor da motocicleta foi seguido por duas pessoas e que o veículo havia estacionado em uma casa no bairro Santa Rosa, em Cuiabá.

Já no local, os policiais perceberam que a caminhonete estava amassado. Ao ser questionado, o suspeito negou o atropelamento.

A vítima relatou aos militares que reduziu a velocidade da motocicleta para fazer uma conversão à esquerda quando foi atingida por trás pela caminhonete. Após o acidente, o carro ainda teria arrastado a vítima por alguns metros.

Testemunhas disseram que após o acidente, Rogério fugiu, dando várias voltas pelo bairro, inclusive voltando a passar pelo local do acidente. Diante dos fatos, Rogério e a testemunha foram encaminhados à Central de Flagrantes para os procedimentos necessários.

Já a vítima foi levada ao Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). O acidente será investigado pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran). 

OUTRO LADO

Por meio de nota, a assessoria do senador Carlos Fávaro se posicionou sobre o acidente envolvendo o motorista.

Veja a íntegra:

O Sr. Rogério Montezuma de Moraes comunicou à assessoria que:

– Se apresentou espontaneamente à autoridade policial no local do acidente;

– Não se furtará das suas responsabilidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *