Mato Grosso, terça, 28 de setembro de 2021

Menores que roubaram e espancaram motorista de aplicativo queriam carro para “passear”

Bem Noticias

Em uma operação integrada envolvendo as forças de Segurança Pública de Tangará da Serra, os cinco menores envolvidos no assalto à motorista de aplicativo Márcia Angola que foi brutalmente agredida e teve seu carro roubado, foram capturados e já estão à disposição da Justiça. Eles confessaram o crime.

A violência praticada no crime e a frieza dos menores chamaram a atenção até da Polícia Militar, treinada e acostumada a lidar com as mais variadas situações. “Eles agiram com uma frieza de se espantar, até por serem menores de idade, não demonstrando arrependimento pelo que fizeram, inclusive com a intenção de matar a vítima quando a jogaram da ponte para não serem reconhecidos”, informou o Tenente PM Foletto.

Após solicitarem uma corrida via aplicativo, os criminosos anunciaram o assalto, torturaram a vítima, roubaram seu carro e após enforcarem a motorista a jogaram no Rio Sepotuba, de cima da ponte na MT 480.

Tudo isso, surpreendentemente, segundo a PM, para “passear” com o veículo da vítima. “Eles somente estavam passeando com o carro. Eles não sabem nem dizer o que fariam com o veículo. São completamente sem noção do que fazem que cometem um crime desse para dar voltinhas com o carro”, completou o Tenente.

PARTICIPAÇÃO EM ASSALTOS

Ainda segundo a Polícia Militar os menores que roubaram o carro da motorista e a espancaram, estão envolvidos em uma onda de assaltos, participando inclusive de uma ação criminosa ocorrida em Nova Olímpia, quando naquela cidade furtaram uma relojoaria, além de ser suspeitos a roubos de motocicletas em Tangará da Serra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *