Mato Grosso, sábado, 19 de junho de 2021

Patrícia Pillar lamenta mortes no Jacarezinho: “A barbárie não pode se instalar”

source
Patrícia Pillar
Reprodução Instagram

Patrícia Pillar


Patrícia Pillar recorreu às redes sociais para mostrar a sua indignação com a chacina causada por uma atividade da Polícia Civil que vitimou vinte e cinco pessoas no Complexo do Jacarezinho, nesta quinta-feira (6), e se solidarizar com “famílias que perderam alguém em nome dessa batalha sem sentido”. Para ela, foi a atuação mais letal da história do Rio de Janeiro.

Ao dar voz aos sentimentos e pensamentos, a estrela da Globo afirmou que, “assim como aconteceu após todas as outras operações, o tráfico não acabará, sequer terá alguma diminuição” e que “já são anos que essa guerra insana às drogas é usada para justificar o assassinato de pessoas pobres e, na maior parte, pretas pelas forças do Estado”.


Depois, lembrou que “nós não temos pena de morte! Não é a polícia, o governador ou o presidente que devem decidir quem vive ou morre. A barbárie não pode se instalar aqui”. Nos comentários, uma internauta fez coro à reflexão, justificando que “ninguém tem direito de tirar a vida de ninguém”. Já outro seguidor lamentou: “Já se instalou, Patrícia. O Brasil está ao deus-dará”.


Fonte: IG GENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *