Mato Grosso, sábado, 06 de março de 2021

Jurado de morte por facção em VG, rapaz ameaça pular de ponte e acaba salvo por PMs

Segundo a vítima, ela fugiu para Rondonópolis para não ser executada, no entanto, decidiu resolver o problema tirando a própria vida.

Jovem foi salvo pela PM e entregue ao Samu para receber cuidados médico

Um morador de Várzea Grande, nome não revelado, foi localizado em cima da ponte do Rio Vermelho, em Rondonópolis (212 km da Capital), tentando tirar a própria vida por, segundo ele, estar jurado de morte em sua cidade.

A Polícia Militar (PM) foi acionada por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), que recebeu várias ligações denunciando o caso.

Repórter MT

Diante das informações, a área foi cercada, com apoio da equipe de salvamento do Corpo de Bombeiros e resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Os militares abriram diálogo com o rapaz, que inicialmente estava sentado na grade de proteção da ponte, ameaçando se jogar.

Durante a conversa, a vítima desceu da grade e sentou na mureta de contenção, que separa a pista de rolamento da passarela, ao lado dos policiais, que deixaram o rapaz tranquilo. Num momento de distração da vítima, os militares conseguiram o segurar e tirar da beirada da ponte. O rapaz foi entregue ao Samu para receber cuidados médicos.

Durante o diálogo, ainda no meio da ocorrência, o várzea-grandense relatou aos policiais que tinha deixado sua cidade, pois, estava jurado de morte por uma facção criminosa e nessa noite teria usado drogas para acabar a própria vida. 

No entanto, não deu mais detalhes sobre o caso em que está envolvido na cidade industrial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *