Mato Grosso, domingo, 24 de janeiro de 2021

13 hospitais em MT estão em alerta com taxa de ocupação em UTI – Paciente grave com dengue espera vaga de UTI

O levantamento é da Secretaria Estadual de Saúde divulgado nesta segunda-feira (11).

O paciente Agostinho Mariano da Costa Barbosa, de 72 anos, foi diagnosticado com quadro grave de dengue e está internado em uma Unidade de Pronto Atendimento de Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, desde sábado (9). Conforme boletim médico, Agostinho corre risco de vida e precisa ser encaminhado para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Nesse domingo (10), a juíza de Direito Plantonista, Silvia Renata Anffe Souza, a pedido da família de Agostinho, determinou que o governo de Mato Grosso faça a transferência do paciente para uma UTI imediatamente. No entanto, até a tarde desta segunda-feira (11), a decisão não foi cumprida.

De acordo com a unidade de saúde, além do quadro de dengue, Agostinho apresenta dificuldades respiratórias intensas, com sangramento digestivo pela boca, possivelmente portador de câncer.

O paciente também realizou exames para Covid-19, mas o teste deu negativo.

Agostinho também faz uso de sonda e apresenta diversos problemas de saúde, dos quais, segundo os médicos, somente em uma UTI poderá ser realizada uma melhor assistência médica, considerando que o município de Chapada não possui condições para atendê-lo, dada a gravidade da situação.

13 hospitais estão em alerta com taxa de ocupação de leitos de UTI

Mato Grosso possui 13 hospitais que estão em alerta com a taxa de ocupação para as Unidades de Tratamento Intensivo (UTI’s) para pacientes com covid-19.

O levantamento é da Secretaria Estadual de Saúde divulgado nesta segunda-feira (11).

A situação é mais delicada para os Hospitais Arlete Daisy Cichetti De Brito, Regional De Sorriso e Regional Hilda Strenger Ribeiro que já estão com 100% dos leitos ocupados.

Já o Hospital e Maternidade Santa Rita, Hospital Municipal De Juína doutor Hideo Sakuno e o Hospital Regional Irmã Elza Giovanella estão com as taxas de 90% de ocupação das UTI’s.

O Hospital Regional de Sinop está com 89% dos leitos ocupados.

Com taxa de 80% estão Hospital Estadual Santa Casa, Hospital Regional Dr Antônio Fontes e Hospital São Luiz.

A Santa Casa de Rondonópolis está com 70% dos leitos ocupados.

O Metropolitano Hospital Estadual Lousite Ferreira Da Silva com 61% e o Hospital Vale Do Guaporé com 60%.

Ao todo, o Estado tem disponível 418 leitos de UTI’s disponíveis.

Sendo 403 para adulto e 15 para infantil.

A taxa de ocupação para adulto chega a 62% e adulto 60%.

A Secretaria notificou, até a tarde desta segunda-feira (11.01), 191.106 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.694 óbitos em decorrência do coronavírus.

Dez mortes nas últimas 24 horas. Foram notificadas 1.747 novas confirmações de casos de coronavírus no estado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *