Mato Grosso, sábado, 24 de outubro de 2020

Bebê que teve 80% do corpo queimado por explosão em fogão a lenha tem alta após 40 dias internado em MT

Nickolas estava internado há cerca de 40 dias em Cuiabá, na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). Agora, o menino vai continuar o tratamento em casa.


Bebê que teve 80% do corpo queimado por explosão em fogão a lenha tem alta após 40 dias internado em MT — Foto: Arquivo pessoal

Bebê que teve 80% do corpo queimado por explosão em fogão a lenha tem alta após 40 dias internado em MT — Foto: Arquivo pessoal/G1MT

O menino de 1 ano que teve 80% do corpo queimado após a explosão de um fogão a lenha, em um sítio em Tangará da Serra, a 242 km da capital, teve alta médica e foi para casa nesse sábado (26).

Nickolas estava internado há cerca de 40 dias em Cuiabá, na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). Agora, o menino vai continuar o tratamento em casa.

Menino de 1 ano teve 80% do corpo queimado após explosão em fogão a lenha em fazenda em Tangará da Serra — Foto: Arquivo pessoal

Menino de 1 ano teve 80% do corpo queimado após explosão em fogão a lenha em fazenda em Tangará da Serra — Foto: Arquivo pessoal

O acidente ocorreu no dia 16 de agosto em um assentamento rural. A mãe da criança também foi atingida, mas teve ferimentos mais leves.

De acordo com o pai do menino, Fernando dos Santos, de 24 anos, a mulher dele, Rayane Souza, de 21 anos, mãe de Nickolas, tentou acender o fogão à lenha quando ocorreu uma explosão.

O pai suspeita que havia algum produto altamente inflamável no galão que seria de diesel, o que provocou a explosão.

Nikolas foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e então transferido para Cuiabá, onde estava internado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *