Mato Grosso, 9 de dezembro de 2019
   

Quatro pessoas morrem e uma fica ferida em colisão entre Jeep e mais dois veículos

Quatro pessoas morrem e uma fica ferida em colisão entre Jeep e mais dois veículos

Quatro pessoas morreram e uma ficou ferida, em uma colisão entre um Jeep Compass, um caminhão que transportava gás GLP, e um terceiro veículo, cujo modelo ainda não informado, na manhã desta segunda-feira (12), no km 456, da BR-364, em Várzea Grande. 

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão frontal ocorreu por volta das 9h30. A ocorrência ainda está em andamento e não se tem muitos detalhes do que poderia ter causado a tragédia.

A Rota do Oeste informou que o tráfego é operado no sistema ‘Pare e Siga’. Os quatro ocupantes do Jeep branco, placa Brasil (novo modelo), ficaram encarcerados. O condutor e os três passageiros morreram no local.

O condutor da carreta Scânia branca, placa de Várzea Grande, sofreu ferimentos na cabeça, foi socorrido pelo resgate e encaminhado para ao Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSM-VG).

A carreta transportava botijões de gás GLP, que ficaram espalhados pela faixa de domínio. Além de agentes da PRF, o Corpo de Bombeiros e Polícia Civil estão no local. Os nomes das vítimas ainda estão sendo levantados.

Nas últimas 24 horas, dez mortes em decorrência de acidentes de trânsito foram registradas em rodovias de Mato Grosso.

Na noite de domingo (11), Dois jovens identificados como Luciano Pimenta Xavier, idade não divulgada, e Alexandra Cardoso de Souza, 19 anos, morreram em um acidente envolvendo uma motocicleta e um carro, na MT-388, na cidade de Novo Horizonte (a 670 km de Cuiabá).

No mesmo dia, um grave acidente entre um Celta e uma Zafira deixou outras três pessoas mortas, na BR-070, próximo a General Carneiro (455 quilômetros de Cuiabá). Uma das vítimas foi a óbito no local e outras duas no hospital.

Nesta manhã, o servidor público Luiz da Guia Alcântara e outras duas pessoas morreram,), na BR-070, próximo a Cáceres (219 quilômetros de Cuiabá), após o veículo em que eles estavam (Duster), bater em um barranco e cair em uma das vazões do Rio Paraguai.

Fonte: Olhar Direto

Por AtualMT