Mato Grosso, 19 de outubro de 2019

Botelho detona Energisa e chama diretores para falar na AL

Audiência pública será realizada no próximo dia 15; deputado ainda advertiu bancada federal de MT

MidiaNews

O presidente da AL, Eduardo Botelho, que detonou serviços prestados pela Energisa

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), teceu duras críticas à Energisa, concessionária de energia elétrica em Mato Grosso, em razão dos serviços prestados pela empresa.

Segundo ele, além de tarifas “absurdas” a empresa ainda tem um atendimento de “péssima qualidade”.

Botelho inclusive requereu uma audiência pública para o próximo dia 15, com a intenção de ouvir o presidente da empresa, Riberto José Barbanera, e demais diretores.

“Vamos solicitar a presença dos diretores, primeiro para que expliquem essa tarifa altíssima e o atendimento péssimo. Nós cuiabanos somos muito bondosos, vem um pessoal desse aqui e faz o que quer: fecha agência, não atende, não consegue fazer um encerramento de conta, um atendimento péssimo e nós estamos todos quietos”, criticou o presidente.

Vamos solicitar a presença dos diretores, primeiro para que expliquem essa tarifa altíssima e o atendimento péssimo

Segundo ele, desde que a concessionária assumiu os serviços, houve um aumento significativo no número de reclamações junto aos órgãos de defesa ao consumidor, por exemplo.

Botelho citou também que, paralelo a isso, há uma diminuição no quadro de funcionários da empresa.

“Por isso faremos a audiência, para que eles venham aqui para discutir com a população de peito aberto e falar o que esse grupo pretende em Mato Grosso”, disse.

“Ou dizer se vai ser mais um grupo que vai vir pra cá, espoliar o povo, deixar o povo de lado, surrupiar o dinheiro daqui e ir embora como foi o grupo que antecedeu a Energisa”, emendou Botelho.

Apoio da bancada

O presidente ainda chamou atenção da bancada federal em Mato Grosso para que participe dessa discussão e para que cobrem providências da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

“Convoco os deputados federais e senadores para que venham aqui atender o povo, essa reclamação da Energisa é muito grande. E eles têm que ver isso, ir conosco a Aneel, fazer a reivindicação, reclamar”, afirmou.

“Não pode aparecer só na hora do voto, na hora de pedir voto pro povo. Tem que atender agora. Esse clamor em relação à Energisa é muito grande, a população revoltada”, concluiu o presidente.

Estão sendo convidados para a audiência, representantes do Sindenergisa, Ager, OAB, Fiemt, Aprosoja, Procon-MT, Prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande, CDL, Aneel, dentre outras entidades.

Outro Lado

Por meio de nota, a Energisa informou que ainda não foi convidada para a audiência, mas adiantou estar à dispoisção para os esclarecimentos. 

“A concessionária tem trabalhado a aproximação com os parlamentares e buscado oportunidades para ouvir e esclarecer”, diz trecho.

Veja nota na íntegra:

“Sobre a possível audiência na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, a Energisa informa que ainda não recebeu convite para participar da reunião, mas lembra que está sempre à disposição dos parlamentares mato-grossenses para tirar todas as dúvidas necessárias e destaca que no mesmo dia citado pela reportagem para a realização da audiência (15/10), a empresa receberá o Troféu Transparência 2019, da Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), durante evento a ser realizado na cidade de São Paulo-SP.

A concessionária tem trabalhado a aproximação com os parlamentares e buscado oportunidades para ouvir e esclarecer. Na semana passada, a empresa sediou um encontro realizado pela Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) , em Cuiabá, para ouvir os senadores e deputados estaduais e federais, conversar sobre os desafios do setor e das distribuidoras nos próximos anos e falar mais sobre a atuação da empresa no Estado. Encontro que contou também com a participação da  Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager-MT).”

1 thought on “Botelho detona Energisa e chama diretores para falar na AL

  1. Aqui em Arenápolis, não pode nem falar em chover já acaba a energia e os funcionários não dão explicação de nada a população, gostaria de saber dessa empresa qual é o motivo de acabar sempre essa energia elétrica e demorar tanto pra voltar…….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *