Mato Grosso, 22 de agosto de 2019

Haddad cumpre agenda em quilombo, dá aula na UFMT e exige libertação de Lula

Fernando Haddad

Fernando Haddad durante a campanha eleitoral de 2018, quando substituiu Lula na disputa

O  petista Fernando Haddad, derrotado em segundo turno na disputa pela presidência da República nas eleições de 2018, deve cumprir roteiro por Mato Grosso no próximo dia 22 de agosto. A agenda da Caravana Lula Livre com Haddad incluirá visita ao Quilombo do Mata Cavalo em Nossa Senhora do Livramento e ato político em Cuiabá, com aula pública na UFMT.

A passagem da Caravana Lula Livre com Haddad está sendo promovida pelo Diretório Estadual do PT com apoio dos três parlamentares do partido em Mato Grosso. São eles, a deputada federal Rosa Neide e os deputados estaduais Valdir Barranco e Lúdio Cabral.

O presidente do Diretório do PT de Cuiabá, jornalista Volney Albano, explica que os últimos detalhes da visita de Haddad a Mato Grosso estão sendo acertados com a direção nacional petista. A data e o roteiro e os eventos estão praticamente confirmados.

“O Objetivo da caravana é reforçar a denúncia da prisão injusta do presidente Lula. Com as revelações do The Intercept Brasil sobre a Lava Jato, estamos exigindo que Lula seja inocentando e colocando em liberdade e os processos anulados”, explica o petista.  

Ex-prefeito de São Paulo, Haddad entrou na disputa quando a candidatura de Lula foi indeferida pelo Tribubal Superior Eleitoral (TSE) e teve como vice Manuela D’Ávila (PCdoB). O professor ficou em segundo lugar e recebeu 44,87% dos votos no segundo turno, contra 55,13% do vencedor Jair Bolsonaro (PSL).

Atualmente, Haddad continua atuando como professor da USP e estreou um programa de entrevistas pela AllTV. O petista  é graduado em Direito, mestre em Economia e doutor em Filosofia e foi ministro da Educação de 2005 a 2012, sendo responsável pela criação e implantação do Prouni.

Rd News

AtualMT