Mato Grosso, 19 de outubro de 2019

Presidente da Federação Alemã de Futebol renuncia por ter recebido relógio de R$ 25 mil

Reinhard Grindel deixa o cargo bombardeado por suspeitas de corrupção


divulgação

de O DIA 

Presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), Reinhard Grindel anunciou nesta terça-feira que renunciou o cargo. O motivo é o recebimento de relógio de luxo de 6 mil euros (o equivalente a R$ 25 mil). O presente foi dado pelo ucraniano Hryhoriy Surkis, vice-presidente da Uefa.

“Não ofereci qualquer contrapartida por este presente. Assumi que estava autorizado a receber o relógio como um presente pessoal”, afirmou o dirigente, completando que Surkis “não tinha interesses ligados à DFB”: “Não sou ganancioso. Não conhecia a marca do relógio e não tinha ideia de seu valor”

O jornal alemão “Bild” publicou nesta segunda-feira a notícia de que Grindel ganhou o relógio como presente de aniversário, há um ano e meio. Já a revista “Der Spiegel”, também do país, acusou Grindel, na sexta-feira, de ter recebido 78 mil euros (aproximadamente R$ 337 mil) entre 2016 e 2017 de um braço da DFB ligada aos meios de comunicação.

No cargo desde abril de 2016, ele é o segundo presidente consecutivo da entidade a deixar a DBF sob acusações. Seu antecessor, Wolfgang Niersbach, saiu em novembro de 2015, sob a suspeita de comprar votos para que a Alemanha sediasse a Copa de 2006.

Fonte      https://odia.ig.com.br/esporte/2019/04/5631206-presidente-da-federacao-alema-de-futebol-renuncia-por-ter-recebido-relogio-de-r–25-mil.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *